Semana Missionária

JMJ: celebração do envio

Neste sábado (20 de julho), a Diocese de Araçatuba viveu um momento muito especial: no pátio em frente à igreja da Paróquia Imaculado Coração de Maria, em Araçatuba, aconteceu a “celebração em ação de graças pela caminhada pastoral 2013” e do “envio” dos jovens que a representarão na Jornada Mundial da Juventude (23 a 28/07, Rio de Janeiro/RJ).

Todos, ao chegar, receberam uma bandeirola, de acordo com a sua Região Pastoral de origem. A equipe de acolhida dedicou particular carinho aos idosos, acomodando-os em cadeiras. Dando início à celebração, Pe. Edgar, assessor do setor juventude, conduziu um mantra, cantando: “Confiemo-nos ao Senhor. Ele é justo e tão bondoso. Confiemo-nos ao Senhor, Aleluia”. Em seguida, rememorou a caminhada pastoral diocesana, que deu especial atenção à juventude em todas as atividades que realizou, desde o recebimento da Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora, até os encontros de formação, na Campanha da Fraternidade e a Semana Missionária. Pe. Argemiro, pároco anfitrião, deu as boas-vindas à assembleia; saudando cada Região Pastoral com um refrão: “seja bem-vindo, olé, olá, paz e bem pra você que veio participar”. Em seguida, aconteceu a solene entrada da Cruz Peregrina e do ícone de Nossa Senhora, que foram conduzidos pelos jovens participantes da Semana Missionária, e a reapresentação do “flash mob”, coreografia já dançada no calçadão de Araçatuba.

Para acolher a Palavra de Deus, crianças das catequese fizeram uma performance. Em sua homilia, D. Sergio, bispo diocesano, enfatizou a grandeza da celebração, pois a assembleia é formada por representes de todas as comunidades que formam a diocese; assim, a assembleia litúrgica era uma assembleia diocesana, reunida a partir de uma motivação especial, em preparação para Jornada Mundial da Juventude e acolher o Papa Francisco; nossa Diocese estará presente por meio de representações. E, nesse sentido, atualizando o texto da 1ª leitura, lembrou os preciosos momentos vividos durante a Semana Missionária, dizendo: “Ele (o Senhor) nos deu sinais de sua visita, através dos jovens”. “Nós precisamos nos reencantar com Deus”. “E, à medida em que nos reencantamos com Deus, percebemos que não podemos caminhar sozinhos, que devemos caminhar juntos, como comunidade. Nós precisamos cuidar bem das nossas comunidades”. “Toda a caminhada da igreja, especialmente neste ano, tem mostrado que podemos contar com a juventude; Deus acredita nos jovens”.

Os banners com as prioridades diocesanas e regionais foram levadas ao altar, com o Pão e o Vinho, no ofertório, ao mesmo tempo em que vários jovens entraram com pequenas faixas contendo o nome da cada uma das paróquias que integram a Diocese, as quais, num gesto carregado de simbolismo, foram colocadas nos braças da Cruz Peregrina.

Após a comunhão, todos os jovens inscritos pela Diocese para representá-la na JMJ foram chamados até o altar e, depois de receberem a bênção do “envio”, foram agraciados com um mimo: o crucifixo, lembrando-lhes do chamado à missão.

Ao final, antes do lanche que fraternalmente foi ofertado pela comunidade anfitriã, a celebração terminou tal como começou: cantando, com alegria: “Sou marcado desde sempre com o sinal do Redentor, que sobre o monte, o Corcovado, abraça o mundo com Seu amor. Cristo nos convida: "Venham, meus amigos!" Cristo nos envia: "Sejam missionários!" (Hino oficial da JMJ).


Pascom Paróquia Imaculada Conceição de Guararapes.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

   

   

   

"".


 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
  Site Map