Comunidade celebra São Sebastião


Enquanto a assembleia entoava: “Salve, o nosso santo padroeiro, foi soldado e foi guerreiro, mas lutou só pelo bem. São Sebastião lutou no exército de Deus também”, o cadeirante e aniversariante do dia, Sebastião Pedrozo, sob aplausos, conduziu a imagem do santo padroeiro da Comunidade do bairro Industrial até o altar.

Em sua reflexão dominical, o pároco, Pe. Amauri Ferreira, recordou a história do santo, lembrando que ele foi um soldado/oficial romano e que, por isso, devia obediência ao Imperador. No entanto, a partir do momento em que ouviu o anuncia da “Boa Notícia”, conheceu e se encontrou com Jesus, convertendo-se. Sua referência não mais era a autoridade política e econômica do seu tempo, mas a pessoa e a prática libertadora do Cristo Jesus. Sebastião deixou de ser um soldado do Império, para ser um guardião do Reino de Deus, fazendo com que sua vida mudasse da água para o vinho, tal como proclamado no Evangelho do último domingo. E concluiu: “muitas vezes queremos que Deus também mude a nossa vida ‘da água para o vinho’. No entanto, nos esquecemos de encher as talhas de água, para elas sejam por Ele transformadas”. Simbolizando as dificuldades, sofrimentos, injustiças e ausência de amor e de fraternidade entre as pessoas, na preparação das ofertas, com o Pão e o Vinho, foi oferecido um vazo contendo uma planta ressequida, sem vida... Mas, como Ação de Graças, a comunidade propôs que cada um de nós se esforce para substituir “os galhos secos e mortos da nossa existência” pela Vida que brota da esperança e dos gestos de fraternidade, da misericórdia e do cultivo de todas as formas de amor que nos une e nos reúne, a exemplo do que fez São Sebastião.

Pascom Paróquia Imaculada Conceição de Guararapes.



O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player



   

   

"".


 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
  Site Map