VIVA A MÃE, NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA

12 de outubro, uma data especial na vida dos cristãos e recorda a figura de Maria, mulher simples da cidadezinha de Nazaré, escolhida para ser a Mãe de Salvador. E, quando se pronuncia essa palavra, mãe, a um só tempo, fala-se da vida, de cuidado, de atenção, de cumplicidade, de compreensão, de ternura e amor, enfim.

E foi com esse sentimento que, às 18h00min, teve início a celebração da missa em honra à Padroeira do Brasil, cuidadosamente preparada. Na entrada, a imagem da santa foi conduzida por Cátia Preti, representando a devoção e a confiança que todas as mães depositam na Mãe, tendo em sua companhia crianças da catequese, que acenavam pequenas réplicas do pavilhão nacional, sob o aplauso emocionado da assembleia. No ofertório, junto com o Pão e o Vinho, caracterizados de pescadores, três jovens levaram até o altar uma “bandeira nacional estilizada”, artesanalmente construída com pequenos vasos de flores. Após a Comunhão, como Ação de Graças, aqueles mesmos três jovens-pescadores conduziram uma expressiva performance, que contou com a participação de outras pessoas da comunidade, a partir da canção “Mãe do Céu, morena”, de Pe. Zezinho. A bênção final foi dada, mais uma vez, por intercessão de Nossa Senhora.

Uma celebração repleta de carinho e afeto em homenagem à Mãe, na casa da Mãe, casa de irmãos.

Pastoral da Comunicação

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


   

   

   


..
 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
  Site Map